TOPPING VS FIMMING: Poda da Canábis

Written by on 12 janeiro, 2022

Se quiseres obter uma colheita de botões muito densos e cheios de resina, o tipo de poda que fazes tem um papel muito importante. Os dois tipos de poda de canábis mais conhecidos são a poda apical, conhecida como TOPPING, e a poda final, conhecida como FIMMING.

Nós explicamos-te quais são as 2 versões de poda.

TOPPING

A poda apical ou topping consiste em fazer um corte na ponta do caule principal da planta da Cannabis. É possivelmente a técnica de treino de alto stress mais utilizada, ou HST, tanto no cultivo interior como no exterior.

O cultivo natural da Cannabis parece geralmente uma árvore de Natal, com um caule central e vários ramos laterais. Com esta morfologia, todas as áreas da planta receberão a mesma dose de luz que o sol atravessa o céu.

No entanto, dentro de casa, as coisas mudam. No cultivo interior da canábis, a luz é gerada por focos fixos, não móveis, que estão por cima da planta. Isto torna a forma natural da planta ineficaz, a menos que se cultivem grandes cultivos usando o método SOG ou See of Green.

A poda apical da canábis é o procedimento mais utilizado pelos cultivadores profissionais, pois é capaz de aumentar bastante o rendimento.

COMO É FEITA A PODA DE TOPPING?

A maneira de fazer a pequena poda apical ou de cobertura, é fazer um corte limpo na ponta do caule principal com tesouras que tenham sido esterilizadas previamente.

Devemos cortar a ponta a 100% para que a cauda se torne duas. O melhor de tudo é que podemos realizar esta técnica várias vezes, ou seja, podemos multiplicar a cauda.

Normalmente é feito cedo, quando a planta tem 3-5 nós. No entanto, há cultivadores que dizem que se deve esperar um pouco e fazê-lo após 30 dias, ou até que as plantas tenham pelo menos 30cm de altura, antes de fazer a poda.

FIMMING

Fimming é um procedimento de alto stress que aumenta os rendimentos, e é semelhante ao topping, embora tenha uma série de variações.

Tal como na poda apical, o objectivo é aumentar o número de caudas principais, mas em vez de as duplicar, com a poda FIM podem ser geradas mais de 4 novas caudas. Este procedimento é recomendado para os microprodutores que só querem ter 1-2 plantas.

Com esta técnica, os rebentos secundários aproveitarão a hormona de crescimento que anteriormente era utilizada para “alimentar” o caule principal. A maioria dos cultivadores pensa que a poda FIM é um pouco menos eficaz do que a poda apical para diminuir o alongamento.

COMO É FEITA A PODA DE FIMMING?

Da mesma maneira que a poda de topo, é melhor realizar este procedimento quando a fase de desenvolvimento vegetativo tem lugar. No entanto, ao contrário da poda apical, este procedimento tem uma abordagem menos precisa.

Para ser mais explícito, FIM vem da sigla da expressão “Fuck I Missed” que significa “Fuck, I failed”.

Com este método, é preferível remover 75% da ponta principal do caule com os dedos do que fazer um corte limpo de toda a ponta.

Esteticamente, é muito agradável, mas é eficaz.  Pelo menos 4 novos rebentos irão emergir após uma ou duas semanas. Por vezes podem ser gerados até um máximo de 8 novos rebentos. Além disso, os rebentos secundários ganharão terreno ao mesmo tempo.

AGORA! Você está pronto para podar as suas plantas mais preciosas?

 


Current track

Title

Artist