Como obter colheitas abundantes no cultivo da maconha autoflorescente?

Written by on 6 julho, 2022

Uma das características mais marcantes das variedades de maconha autoflorescente é que são plantas simples de cultivar e não requerem ajustes no ciclo de luz para forçar a floração.

Como obter colheitas abundantes ao cultivar este tipo de estirpe? Talvez, esta seja a dúvida que você tem no momento se assim for, descubra neste artigo algumas dicas para obter os melhores resultados.

Estirpes autoflorescentes

Embora as estirpes de autofloração não exijam mudanças no ciclo da luz para alcançar a floração, a iluminação ainda é um fator muito importante se você quiser tirar o máximo potencial de suas meninas.

A intensidade e a duração da exposição à luz que você dá a sua planta autoflorescente afetará significativamente a colheita final.

É recomendado que todo o ciclo de vida da planta seja o mesmo fotoperíodo. Um dos ciclos de luz mais comumente usados para a autofloração é de 18 horas de luz por 6 horas de escuridão.

Além disso, se você quiser que suas plantas se beneficiem de uma melhor exposição à luz, você pode aplicar a técnica de treinamento de baixa estresse ou LST. Este método é uma maneira simples de aumentar o rendimento. Ele consiste em dobrar e amarrar cuidadosamente os caules e ramos da planta da maconha.

Tenha em mente que as técnicas de treinamento devem ser empregadas somente em plantas saudáveis para que a variedade tenha tempo de se recuperar do estresse inicial.

Por outro lado, se você quiser que suas estirpes auto lhe dêem altos rendimentos, evite o transplante. É recomendado começar a cultivar estas plantas em seus vasos finais.

 

 


Current track

Title

Artist