O auto-cultivo de cannabis para uso médico é permitido na Argentina

Written by on 13 novembro, 2020

O que muitos usuários e amantes da cannabis estavam esperando finalmente se tornou realidade. O Governo da Argentina autorizou o auto-cultivo de cannabis para fins medicinais, permitirá a venda de óleos, cremes e outros derivados da cannabis em farmácias autorizadas.

Sim, isso mesmo, muito boas notícias para os milhares de usuários argentinos que estão procurando a maconha como alternativa para aliviar a dor e tratar várias doenças. Fique atento para mais detalhes sobre este assunto.

O que o novo decreto presidencial contempla?

Até o momento, a lei penalizou o auto-cultivo da cannabis na Argentina em qualquer conceito. Entretanto, com a nova regulamentação publicada no Boletim Oficial do Governo Argentino, os usuários de medicamentos poderão realizar esta prática.

Este decreto, assinado pelo Presidente Alberto Fernandez, indica isso: “É urgente criar um marco regulatório que permita um acesso oportuno, seguro e inclusivo e a proteção daqueles que necessitam utilizar a cannabis como ferramenta terapêutica”.

Desta forma, os pacientes com várias doenças, além da epilepsia refratária, terão a oportunidade de crescer e ser tratados com esta planta, podendo também obter óleos e outros derivados da maconha nas farmácias estabelecidas.

Além disso, o Estado procura promover a produção pública de maconha para uso médico e garantir o acesso daqueles pacientes sem seguro médico.

Quem pode cultivar a maconha medicinal?

Se você deseja cultivar sua própria cannabis para fins médicos, você deve se registrar no Registro do Programa de Cannabis (Reprocann), que será responsável pela emissão das autorizações correspondentes. Para se registrar, você deve ter uma indicação médica e ter assinado o consentimento informado correspondente.

“Os pacientes podem se registrar para obter a autorização crescente para si mesmos, através de um membro da família, uma terceira pessoa ou uma organização civil autorizada pela Autoridade de Aplicação”, indica o texto.

A legalização do cultivo para fins medicinais na Argentina é uma vitória para aqueles que lutaram durante anos pela legalização desta planta.


Current track

Title

Artist